Blog

LINHA DO TEMPO – CONHEÇA OS CORTES DE CABELO QUE MARCARAM ÉPOCA

 

Quer entrar no túnel do tempo e descobrir os cortes de cabelo que fizeram sucesso nas últimas décadas? Então continue lendo e faça uma viagem pela história e pelos estilos de madeixas dos anos 50 até os dias de hoje.

 

Vamos lá?

O cabelo e o estilo ao longo dos anos

O nosso cabelo, além de ser uma parte muito importante do nosso corpo, se tornou uma espécie de acessório que muda de acordo com o tempo em que vivemos. Se você parar e pensar um pouco com certeza vai se lembrar que as mulheres usavam cortes muito diferentes dos de hoje na sua infância.

 

E se o estilo mudou tanto, em tão pouco tempo, o que não deve ter acontecido em setenta anos de história? O cabelo foi usado como forma de expressão durante o tempo e por isso é que suas mudanças ficam tão marcadas em nossa mente. Quem não se lembra dos mullets dos anos 90, ou do início do Black Power nos anos 60 e 70?

 

O mais legal é que nos últimos tempos muitas dessas tendências estão voltando à moda e por isso nós decidimos fazer a nossa própria linha do tempo, para te ajudar a se inspirar e ficar ainda mais linda.

Anos 50

O visual dos anos 50 foi descaradamente baseado nas estrelas de Hollywood da época. Penteados, adereços e até as colorações eram ditados pelas atrizes e musas do cinema. Prova disso é a popularidade dos cachos esculpidos e  inconfundíveis de Marilyn Monroe, que se podiam usar com cortes chanel ou cabelos médios.

As ondas vincadas também foram febre, assim como o coque banana de Grace Kelly e o louro platinado na coloração. Os acessórios, por sua vez, tiveram seu momento ao holofote com o chapéu com véu, usado pelas mulheres mais elegantes da época.

Anos 60

Na década seguinte, a inspiração nas musas do cinema continuou. A diferença foi que a escolhida da vez foi Audrey Hepburn, a eterna bonequinha de luxo, que ajudou a popularizar o penteado clássico conhecido como “cabelo de colmeia”, criado pela hair stylist Margaret Vinci Heldt.

Outro estilo que ditou moda nos cabelos da época foi o corte geométrico, como o da imagem logo acima. Também durante os anos 60 as franjas tiveram seu lugar ao sol mesmo que lá no final.  Eram côncavas, longas nas laterais e mais curtas no meio, com um ar natural e elegante ao mesmo tempo. Elas também marcaram o começo dos anos 70 e a era hippie que estava por vir.

Anos 70

Junto ao estilo hippie e ao visual disc, as estrelas de cinema e tv continuaram influenciando a moda e principalmente os cabelos. Por isso, podemos dizer que um dos visuais mais marcantes é o brushing, usado por Farrah Fawcett na série Charlie ‘s Angels. Esse corte é caracterizado por ser cheio de volume com as pontas alisadas e viradas para fora.

Um outro ponto importante a se notar é a popularização do famoso e empoderador Black Power, que surgiu no final dos anos 60 e continuou firme e forte na década de 70.

Anos 80

A década dos anos 80 não é conhecida como a era dos exageros à toa. Nessa época, a moda era influenciada pelo movimento punk e os cabelos bagunçados e coloridos eram febre, garotas e garotos de todo o mundo aderiram ao estilo. Além deles, ícones como a Princesa Diana e a atriz Jennifer Beals também deixaram marcas quando o assunto é corte de cabelo.

Anos 90

A moda espalhafatosa da década anterior continuou nos anos 90 e não apenas quando falamos de cabelo. Mas como o nosso foco aqui são as madeixas, podemos listar alguns dos cortes mais populares da época: pixie, mullet e corte Rachel. E se você pensou na icônica personagem vivida por Jennifer Aniston em Friends quando ouviu esse nome, acertou.

O corte inspirado na série  tinha o comprimento generosamente escalado e repicado, deixando o penteado volumoso. O mullet é aquele estilo em que o cabelo é repicado em cima e longo atrás, e o pixie, é o famoso “corte joãozinho”.

 

Anos 2000

Essa parte da linha do tempo ainda está fresca em nossa memória, mas é sempre válido relembrar.  A virada do milênio continuou com o pixie hair, o clássico curtinho, e foi mudando para as ondas de cabelo de surfista e a famosa franja lateral. E quem não se lembra das mechas coloridas ostentadas por ícones do pop como Avril Lavigne e Hayley Williams?

 

Foram também os anos do alisamento, dos cabelos escorridos e repartidos no meio e também dos mais diversos estilos de coque ou rabo de cavalo.

Anos 2010

Vai dizer que você não se lembra das californianas, do ombré hair, do corte long bob ou dos topete preso na parte da frente? Algum desses estilos ainda tem admiradoras que escolhem continuar perpetuando a moda dos anos 2010 quando o assunto é cabelo. Os cabelos coloridos também continuaram fazendo sucesso e ganhando lugar na cabeça das garotas durante esses anos.

2021…

E finalmente chegamos aos dias atuais, e como dissemos lá no início, muita gente tem se inspirado em estilos do passado e trazendo de volta algumas tendências antigas. A nossa dica para acompanhar essa mudança? E se jogar no que te deixa mais confortável e mudar completamente se quiser, mas sempre acompanhada de um profissional!

 

Siga a Laevia nas redes sociais para mais dicas, e assine a nossa newsletter para receber as novidades direto na sua caixa de entrada. 

 

Tchau, tchau!